Vaginose Bacteriana

A vaginose bacteriana é apenas diagnosticada nas mulheres. Este problema embaraçoso pode ser tratado utilizando um tratamento antibiótico adequado.

A vaginose ou vaginose bacteriana é um problema médico relativamente frequente que afeta muitas mulheres. Nesta doença é difícil apontar uma causa absoluta, uma vez que a causa principal desta doença é o desequilíbrio das bactérias vaginais. Associar a vaginose bacteriana com as DSTs não é completamente certo, uma vez que esta doença também pode afetar mulheres que não tiveram relações sexuais. Contudo, é verdade que a vaginose bacteriana é encontrada de forma mais comum em mulheres sexualmente ativa. Infelizmente, o não tratamento pode originar a infeção do útero e por isso é importante procurar apoio médico no caso de sintomas suspeitos, uma vez que um médico pode recomentar um tratamento direcional unificado.

O nosso site contém tratamentos disponíveis, que ajudam a manter o equilíbrio correto da flora bacteriana no útero. O tratamento é geralmente conduzido utilizando um medicação chamada Metronidazole – com dosagem de 400 mg. O antibiótico tem que ser tomado duas vezes por dia ao longo de uma semana. Em casos especiais, o médico pode prescrever uma só dosagem de 2000 mg, o que significa que a mulher deve tomar 5 comprimidos de uma só vez. Para encomendar Metronidazole online utilizando o nosso site, terá que preencher um formulário especial online, o qual ajudará o nosso médico a escolher a dosagem correta do médico.

Quais são as causas da vaginose bacteriana?

A vaginose bacterial (BV) é a causa mais comum de inflamação vaginal e representa quase 50% de todos os casos. A vaginose bacteriana é causada pelo desequilíbrio da flora vaginal, que conduz ao desenvolvimento de bactérias de variável Gramm Gardnerella vaginalis.

A infeção também pode ser causada pela utilização de sabonetes com fragrâncias ou até por higiene excessiva, uma vez que estes são fatores que contribuem para o desequilíbrio da flora bacteriana.

Outros fatores contributivos:

  • gravidez
  • utilização de dispositivos intrauterinos
  • utilização de vibradores lubrificantes
  • mudanças frequentes de parceiros sexuais

A vaginose bacteriana não tem um equivalente no homem.

Quais são os sintomas da vaginose bacteriana?

A maioria das mulheres tem dificuldade em reconhecer a vaginose bacteriana nos seus corpos, porque esta doença não causa os sintomas tipicamente presentes na maioria das diferentes DSTs. É porque a infeção avança no interior dos genitais, sobretudo na parede vaginal. Alguns sintomas alarmantes, mas raros, descritos pelas mulheres incluem descargas vaginais com mau cheiro, parecido a peixe. O sangue menstrual (sangue libertado durante o período) também pode ter um conteúdo diferente e um cheiro similar.

Quais sãos os riscos de uma vaginose bacteriana não tratada?

Diagnosticada e tratada cedo a vaginose bacteriana é muito fácil de tratar e não conduz a problemas médicos de longa duração. Algumas complicações podem surgir se a doença não for tratada de forma adequada. Em tais casos existe uma grande probabilidade de serem desenvolvidas outras DSTs, uma vez que as propriedades imunitárias do organismo estão seriamente afetadas. A vaginose bacteriana também pode levar a complicações durante a gravidez.

É possível encomendar medicamentos para a vaginose bacteriana na Internet?

Os comprimidos utilizados para tratar a vaginose bacteriana podem ser comprados na Internet, utilizando o nosso site. O processo de encomenda é muito simples e completamente confidencial. Os tratamentos são vendidos apenas através da prescrição devido a isso, é necessário preencher uma entrevista médica durante o processo de encomenda. O formulário é assim uma base para a prescrição do medicamento. Um médico irá analisar a informação do formulário para diagnosticar a doença e escolher depois um programa de tratamento que assegura a segurança do doente. As prescrições são entregues por transportador na morada especificada em 24 a 48 horas.