Impotência

A disfunção erétil afeta um quantidada crescente de homens. Estatisticamente, 1 em cada 5 relações sexuais não terminam de forma satisfatória para os parceiros devido a uma ereção inadequada. Muitos homens consideram que este não é apenas um problema do tipo físico, mas também um problema emocional, que pode ser a fonte de conflitos ou que pode até levar à separação de um casal.

Felizmente, a ciência moderna tem muitos novos trabalhos que ajudam em muitos casos de disfunção erétil.

Cialis

Cialis - without prescription

Os comprimidos Cialis para potência sexual são um medicamento muito efetivo, que pode ajudá-lo a alcançar e a manter uma ereção duradoura durante a excitação sexual. Apenas um comprimido Cialis pode ajudá-lo a esquecer-se dos seus problemas de ereção durante 36 horas! Tadalafil é a substância ativa de Cialis, a sua ação é notada logo […]

Product details Buy now!
Cialis Diário

Cialis Diário - without prescription

Cialis Diário é um tratamento completamente novo no tratamento da disfunção erétil. É atualmente o único tratamento que pode ser consumido diariamente como parte do tratamento da potência sexual. O consumo diário da droga ajuda os pacientes a reconquistar a autoestima e o valor da sua vida íntima. Cialis Diário é o único medicamento para […]

Product details Buy now!
Levitra

Levitra - without prescription

O tratamento para a disfunção erétil Levitra é a solução mais rápida disponível no mercado, na atualidade. Uma ereção satisfatória deve ser alcançada 15 minutos após a ingestão. Testes laboratoriais confirmaram a eficácia do Levitra mesmo em homens que sofrem de colesterol elevado, hipertensão e diabetes. eficácia no tratamento da impotência comprovada no laboratório efeitos […]

Product details Buy now!
Levitra Orodispersível

Levitra Orodispersível - without prescription

Os comprimidos para a importância Levitra Orodispersível são o único tratamento para homens que sofrem de problemas eréteis que se dissolve na boca. Os comprimidos Levitra Orodispersível são práticos, discretos e funcionam de forma eficiente. Estes comprimidos: dissolvem-se na boca em poucos segundos são rapidamente absorvidos pelo organismo começam a funcionar em 15 minutos e […]

Product details Buy now!

Disfunção erétil – o que é isso?

Antes de começarmos a procurar uma solução, precisamos de definir o problema. O que é a disfunção erétil? A definição mais simples é a incapacidade de alcançar um nível de ereção que permita ter uma relação sexual satisfatória para ambos os parceiros.

É importante notar que nem todas as disfunções eréteis são iguais. Alguns homens sofrem de disfunções eréteis que os impedem completamente de ter sexo e alguns homens sofrem de disfunção erétil durante o relacionamento sexual.

Quais são as causas da disfunção erétil?

A disfunção erétil é uma condição comum que pode ocorrer em homens de todas as idades e que pode ser causada por diferentes razões.

  • Disfunções eréteis em adolscentes e homens jovens

De acordo com os especialistas, os homens jovens sofrem de disfunção erétil sobretudo devido a medo – especialmente medo de uma gravidez não desejada ou devido ao uso inadequado do preservativo. Muitos homens desta faixa etária afirmam que o momento de colocar um preservativo é tão enervante que antes de conseguirem colocar o preservativo no pésnis, eles perdem toda a tensão sexual, tornando a relação sexual virtualmente impossível.

  • Disfunções eréteis em homens de meia-idade

As causas mais comuns de importência nesta faixa etária são o excesso de trabalho, o stress, novas relações depois de terem mudado de parceiro. Existem casos diagnosticados em que as causas incluíam: álcool, nicotina, diabetes, obesidade e certos tratamentos.

  • Disfunção erétil no homem maduro

Pode parecer que os problemas de ereção nos homens madura estão sobretudo relacionados com a idade. Contudo, parece que cerca de 70% dos homens com mais de 70 continuam a poder sentir prazer e a ter uma vida sexual bem-sucedida.

As pesquisas demonstram que o problema não é a idade, mas sim o estreitamento dos vasos sanguíneos que irriam o pénis com sangue, que causa a impotência em homens maduros.

Uma pesquisa conduzida em 2007 demonstra também que, em alguns casos, a impotência sentidade por homens mais velhos pode estar ligada ao deterioramento das artérias que fornecem o coração ou cérebro. Um dos cientistas afirmou numa opinião publicada no British Medical Journal, que a disfunção erétil é uma manifestação do desenvolvimento de uma doença vascular e pode ser um aviso de um enfarte, que surge dois ou três anos antes de acontecer. É claro, se você tem problemas de ereção, não significa necessariamente que deve ter medo de um enfarte ou de outros problemas cardíacos. Ainda assim, os homens mais velhos que sofreem de problemas de ereção devem ter cuidados com a sua saúde, verificano a sua pressão arterial, níveis de colesterol e também é aconselhável a ter algumas atividades físicas – que devem ser adequadas à sua idade. Eles também devem pensar deixar de fumar.

Muitos homens, possivelmente, irão ficar surpreendidos por ainda não termos mencionado a redução dos níveis hormonais. Aparentemente, a disfunção erétil provocada pela diminuição dos níveis hormonais é muito rara e afeta principalmente os homens que sofreram um trauma testicalar ou danos graves na base o cérebro.É claro, não podemos excluir que a diminuição de potência possa ser causada por um menor nível de hormonas, no seu caso.

Se pensa que, no seu caso, os problemas de potência estão relacionados com a diminuição nos níveis de hormonas, deve visitar uma clínica especializada – com profissionais que irão medir os níveis hormonais no seu corpo.

O que é uma ereção?

A ereção é o resultado do aumento do fornecimento sanguíneo aos corpos cavernosos do pénis, o que proporciona a rigidez e tamanho desejável para as relações sexuais. Uma ereção ocorre principalmente como resultado de estímulos externos, estimulação através de pensamentos de imagens de possíveis situações sexuais.

O sinal que causa o aumento no fornecimento do sangue é criado na medula espinal, a qual envia fios nervos simpáticos para os órgãos reprodutores. As artérias expandem-se como resultado de um processo físico e químico, a pressão e o sangue permanece dentro dos corpos cavernosos, endurecendo o pénis.

Como pode notar, uma ereção é um processo complexo, o que significa que os problemas de ereção podem ter uma génese diferente, não sendo fáceis de diagnosticar, mesmo por profissionais. Mesmo fatores triviais como o medo, fadiga ou álcool podem tornar-se uma causa da disfunção erétil. Temos que acrescentar que os problemas de ereção afetam muitas vezes os fumadores, por isso se é um fumador, deve pensar em deixar de fumar.

O que são os problemas psicológicos relacionados com a potência?

Os problemas com a impotência que têm validação psicológica são um problema frequente, especialmente em homens jovens. Estes problemas podem ocorrer em homens que:

  • acordam todos os dias com uma ereção matinal
  • alcançam um ereção satisfatória durante a masturbação

Os sintomas típicos da disfunção erétil causada por fatores piscológicos podem incluir:

  • stress –ligados especialmente ao medo de não satisfazer as necessidades do parceiro
  • culpa – no caso de adultério
  • falta de desejo sexual
  • falta de libido – desejo para o sexo oposto – ocorre no caso de homens homossexuais que tentam ter sexo com mulheres
  • depressão
  • fadiga

As disfunções eréteis são muitas vezes causadas por razões físicas e psicológicas.

Quais são as razões físicas para a disfunção erétil?

As razões comuns para a disfunção erétil incluem:

  • más condições das artéris, especialmente em homens mais velhos
  • diabetes
  • fumar
  • consumo excessivo de álcool
  • obesidade
  • como resultado do consumo de um medicamento – especialmente antidepressivos e hipertensivos
  • consumo de drogas, como cocaína
  • cirurgia dos órgãos abdominais. Por exemplo, cirurgia à próstada

As razões físicas menos frequentes incluem:

  • drenagem excessiva das veias do pénis
  • doenças neurológicas
  • danos na medula espinal ou no cérebro
  • produção excessiva da hormona pituitária – prolactina

O que devo fazer se tiver problemas de impotência?

A impotência não é apenas um problema física, mas também um é um problema emocional, uma vez que a falta de satisfação sexual pode causar frustração e diversas disfunções que afetam a qualidade da relação. Se você tiver problemas de ereção, não as deve subestimar e deve procurar ajuda médica logo que possível. Não deve esconder os seus problemas da sua parceira, porque a pessoa pode sentir-se negligenciada ou pensar que a falta de sexo indica uma deterioração das emoções.

A consulta com um médico não deve ser razão para vergonha, uma vez que um diagnóstico exato pode ajudar a evitar complicações perigosas. Isto pode afetar não só a sua potência, mas também a sua vida no geral.

Como é a visita a um médico ou terapeuta nos casos de problemas de impotência diagnosticados?

Muitos homens consideram que a visita ao médico é o último recurso e tentam adiá-la tanto quanto possível. Você não deve ter receio de um médico, porque o dever dele é eliminar o problema. Quando você finalmente chega ao consultório de um médico, deve informá-lo sobre tantos detalhes sobre o seu problema quanto possível. Após a realização de uma entrevista, o médico vai começar um exame físico comum que servirá para ajudá-lo a diagnosticar o problema. Existe a possibilidade do médico pedir-lhe para realizar testes de diabetes ou de outras doenças que podem provocar os seus problemas de impotência.

Lembre-se que apenas uma identificação da casa da sua impotência irá permitirar um tratamento eficiente.

Quais são as formas disponíveis de tratamento?

O tratamento para a disfunção erétil depende das suas causas. Quando as causas são de natureza piscológica, os tratamentos mais eficientes consistem em:

  • visita a um sexólogo – sozinho ou em casal
  • aconselhamento conduzido por um psicólogo ou terapeuta
  • psicoterapia
  • aconselhamento matrimonial

Em situações de causas psíquicas da disfunção, por vezes é aconselhável a utilização de tratamentos específicos para a impotência. Graças a isso, o paciente irá recuperar autoestima, o que vai ajudar a terapia.

Quais são os tratamentos para a importência mais populares?

Produtos orais de estimulação de potência, foram introduzidos no mercado nos últimos 15 anos, revolucionando o tratamento da disfunção. Embora a utilização destes comprimidos não sejam recomendados em todos os casos, se os tratamentos forem escolhidos de forma adequada podem até pessoas com diabetes diagnosticadas podem realizá-los. Por vezes, alguns tratamentos de estimulação de potência podem aliviar sintomas de pessoas que sofrem de problemas neurológicos e de dores de costas.

A diversidade de tratamentos para a impotência é atualmente tão grande, que mesmo que um dos tratamentos se mostre ineficiente vale a pena tentar outro, que poderá ajudá-lo a obter a ereção desejada.

Contudo, é necessário lembrar que os tratamentos de prescrição podem cusar diversos efeitos secundários. Devido a isso, deve consultar o folheto/instruções do produto antes de utilizá-lo ou consultar um médico ou um farmacêutico. Adicionalmente, as interações com outros tratamentos também podem ser perigosas.

Os tratamentos mais populares para a impotência incluem:

  • Viagra
  • Cialis
  • Levitra

Os tratamentos indicados estão disponíveis na maioria das farmácias, desde que você tenha uma prescrição. Contudo, também podem ser comprados em diversas farmácias na Internet, depois de preencher um formulário adequado. Comprar este tipo de tratamentos de uma fonte desconhecida pode conduzir a consequências trágicas, uma vez que os vendedores tendem a explorar os clientes, vendendo comprimidos contrafeitos que não apresentam eficácia confirmada. Os detalhes relativamente à eficácia e sobre como comprar os tratamentos listados estão disponíveis nas respetivas páginas, no nosso site.

Lembre-se! Não compre tratamentos de nenhuma fonte desconhecida!

Quais são os outros métodos farmacêuticos utilizados para o tratamento da ereção?

O tratamento para a impotência também pode usar injeções que permitem alcançar uma ereção rápida. Este método não é tão popular devido à eficácia dos tratamentos orais. Adicionalmente, muitos pacientes não têm a “coragem” necessária para se injetarem eles póprios com um medicamento. Os tratamentos injetáveis mais populares incluem:

  • Caverjet – o tratamento provoca um relaxamento dos vasos sanguíneos do pénis, que ficam “cheios de sangue”, provocando uma ereção. A ação do Caverjet acontece 30 a 60 minutos após a injeção. Não se deve usar mais do que uma injeção por dia, nem mais do que 3 injeções por semana.
  • Alprostadil (MUSE) – tratamento disponível como grânulos que são colocados na uretra com um aplicador. O efeito permanece durante 30 a 60 minutos.

O uso dos tratamentos listados acima tem que ser feito com o apoio de um médico, em todos os casos.

Quais são as ajudas mecãncias para ajudar a conseguir uma ereção?

Além dos métodos farmacêuticos, o mercado contém diversos utensílios úteis, que não ajudam apenas a alcançar uma ereção suficiente, mas que também aumentam o prazer sexual. As ajudas mais comuns incluem:

  • Bomba peniana de vácuo

As bombas a vácuo consistem num cilindro plástico translúcido, bem fechado de lá, que é suficientemente grande para acomodar o pénis ereto. O lado fechado contém um tubo ligado à bomba de vácuo. A pressão no interior do cilindo é reduzida pela ação da bomba de vácuo, que faz com que o sangue seja sugado para o interior do pénis, dando origem a uma ereção.

  • Anéis de ereção

Os anéis são colocados no pénis para aumentar o fornecimento do sangue durante a ereção. Também são utilizados para prolongar a ereção sexual.

  • Mangas Penianas

As mangas são utilizadas para endurecer e extender o pénis. Esta solução não é popular entre as pessoas que sofrem de disfunção erétil.

  • Vibradores

Os vibradores raramente são recomendados pelos medicos como forma de tratamento para a disfunção erétil. Contudo, parece que os vibradores podem ser muito eficientes na estimulação do pénis para alcançar uma função sexual normal.

Como facto interessante, adicionamos que durante uma conferência realizada em 2006, em Viena, foi afirmado que os vibradores são muito eficientes para ajudar a alcançar a ejaculação, em casos de pacientes que sofreram de danos na medula espinal.

Existem métodos cirúrgicos para lidar com a disfunção erétil?

No início da década de 90 havia muita esperança e expetativa sobre métodos cirúrgicas que pudessem combater a disfunção erétil. Contudo, foi demonstrado que poucos homens se qualificam para estas operações de melhoria das ereções. As causas mais comuns para os procedimentos cirúrgicos incluem:

Vedação da drenagem venosa

Já foi referido que um pequeno número de pessoas perdem a reção porque o sangue sai do pénis através da drenagem venosa. Por vezes, a drenagem apenas ocorre em certas posições sexuais.

Métodos endovasculares

Recupera a obstrução (fluxo) das veias que fornecem o pénis com sangue. A eliminação do estreitamente e drenagem do lumen dos vasos recupera o fluxo do sangue e a função penina completa.

Implantes penianos

Os implantes são usados frequentemente depois de uma farmacoterapia sem êxito. Os implantes são uma forma altamente fiável de tratamento para os problemas de impotência, mas que podem resultar em alguma disfunção posterior. No entanto, nos últimos anos temos visto uma melhoria da tecnologia do grau de confiança nos implantes utilizados.

Resumo

As disfunções eretéis, são atualmente na maioria dos casos tratáveis, msa antes você precisa de conhecer as causas da disfunção. Como referimos, existem fatores físicos e psíquicos. MUitos produtos disponíveis no mercado (incluindo na nossa farmácia), permitem uma eliminação eficaz de problemas relacionados com a impotência. No entanto, é bom lembrar que é necessário consultar um médico ou um farmacêutico antes de aplicar qualquer uma das terapias farmacológicas. Também pode preencher um formulário no nosso site, que irá ajudar-nos a determinar se um certo tratamento seria perigoso para a sua vida ou saúde.